quinta-feira, 31 de julho de 2014

Comissão Administrativa de "O Elvas" toma hoje posse







OElvas


A Comissão Administrativa de “O Elvas” CAD é encabeçada por António Massano Simões etoma posse hoje, quinta-feira dia 31, pelas 21.30 horas, na sede do clube.
 
Além de Massano Simões, o grupo tem mais seis nomes: Carlos Xavier Camoesas, Joaquim Manuel Charruadas, José Manuel Sousa, Manuel Santos Dores, Maria Antónia Almeida e Salomé Mimoso Barbas.

Segundo declarações de Massano Simões à Rádio ELVAS, as prioridades para a atuação desta comissão vão ser "o futebol de formação e o basquetebol", o futebol sénior "tem de ser bem pensado" e a sede do clube vai ser "recuperada e dinamizada em termos sociais".

A comissão está em funções até 31 de maio de 2015, mas o presidente da Assembleia Geral, José Eduardo Gonçalves, deve renunciar ao cargo em breve, "cansado" por 30 anos de dirigismo e "magoado" por acontecimentos recentes.

4 comentários:

  1. Acho que depois destas palavras do chefe da comissão que dirige O Elvas, podemos desde já acabar coms dúvidas que iremos ter futebol senior. É verdade que o senhor em causa diz que tem que pensar, mas também é verdade que é muito impossivél ter tempo para isso. Amanhã é o fim do prazo para informar a Associação de Portalegre das equipas que vamos ter nos respectivos campeonatos. Vejo com bons olhos falar da sede do clube e que esta pode vir a ser recuperada e dinamizada. Não será mais importante esta época já que os jogadores estão quase todos com equipa, aproveitarmos para organizar a casa? Podemos finalmente pagar muitas dívidas, segundo as palavras do senhor Massano recuperar a sede finalmente e para o ano voltamos à carga com o futebol senior e com alicerces. Resta agora acreditar nestas palavras, pois falar é fácil fazer é complicado. Eu resido em Lisboa tenho acompanhado o clube quando este joga aqui na zona e esporádicamente vou ver um jogo a Elvas. Poderia alguém aí de Elvas obter mais informações? Era muito positivo que os sócios que vivem fora da cidade serem informados de assuntos que não passam cá para fora.

    ResponderEliminar
  2. Não é para subir é para os primeiros 3 ou 4 lugares e ainda dá para ir pagando alguma coisa da dívida.
    Um subsídio de 7000€ mensais. Dá para:

    Pagar ao Cirilo: 1000€
    Treinador: 500 ou 600€
    4 ou 5 bons jogadores de fora a 500€ cada um: 2500€
    Restam 2900€ para dividir por 13 jogadores da região a 220€ cada um(talvez reduzindo um pouco alguns salários).
    Com mais 3 ou 4 juniores está o plantel preenchido.
    Os clubes no distrital têm contratos amadores, logo os jogadores podem sair entrar à vontade.

    Equipas da formação são auto-suficientes e têm outros apoios
    Basquetebol é auto-suficiente.
    Quotização(se os sócios não começarem a desistir) e rendas pagam deslocações, funcionário, luz e água.

    ResponderEliminar
  3. Isto é tudo muito bonito e espero que se concretize. Recuperar a sede, pagar dividas, etc. Mas estará a CME disposta a dar ao Elvas os mesmo 70 mil euros das últimas épocas, sem o clube ter equipa senior? Esterão os outros amigos que todas as temporadas têm patrocinado o clube a manter os apoios sem equipa senior activa? Se continuarem temos tudo mas tudo para arrumar a casa esta época e para a próxima voltarmos ao futebol senior. Mas e se não? Se a CME apenas apoiar o clube com o que eles acharem necessário para a formação e esse dinheiro nem chegar para pagar a dívida ao Cirilo? E se os amigos que costumam patrocinar o clube também o deixarem de fazer ou darem menos dinheiro? Não vamos ficar na mesma ou mesmo piores se acabarmos a equipa senior? É um raciocinio que acho que todos deveriamos fazer.

    ResponderEliminar
  4. Logicamente nem a CME nem nenhum outro patrocinador dá ao clube o mesmo valor sem este ter equipa sénior.
    Para aumentarmos a receita (com subsídios e patrocinadores) com vista a pagar a dívida, temos também que aumentar a despesa (com equipa sénior para subir). Isso é dos livros. E depois no Campeonato Nacional, a CME tende a aumentar o subsídio (já foi de 10000€ mensais) e os patrocinadores a aparecerem mais. E aí ainda se paga melhor a dívida e chama-se a isto gestão coerente.

    ResponderEliminar