terça-feira, 3 de junho de 2014

"O Elvas" cria comissão para gerir dia-a-dia do clube

AssembleiaOElvas2JunhoA Assembleia Geral d’O Elvas esteve reunida na noite desta segunda-feira, dia 2 de Junho com o objectivo de encontrar novos corpos socias para o clube.

Em cima da mesa estava o nome de Manuel Carrapato. No entanto, a apresentação desta candidatura ficou suspensa devido a um pedido de penhora apresentado pelo antigo jogador do clube, Nuno Cirilo.

Manuel Carrapato, garante que “depois de solucionada esta questão, com um montante razoável, a candidatura avança”. “Não havendo acordo, eu parto para a solução de se começar do zero”, concluiu.

Durante esta assembleia geral, foi apresentada, por alguns sócios, a proposta de extinguir o atual clube e criar um clube novo. José Eduardo Gonçalves, Presidente da Assembleia Geral do clube, mostrou-se “triste por não haver uma solução para os órgãos sociais deste clube”.

A única conclusão desta assembleia, foi a criação de uma comissão, que vai dirigir o dia-a-dia do clube, composta por António Massano Simões, João Paulo Magro, Pedro Sereno, Mário Ferreira e Sérgio Ventura.

A próxima assembleia geral vai realizar-se, em principio, a 24 de Junho.


27 comentários:

  1. Vamos lá a ver uma coisa, o Caso Cirilo avançou agora nas últimas semanas? Ou o Manel Carrapato é que se inteirou que o clube terá de pagar um dia 58 mil euros ao Cirilo? Refundar o clube, estarão os sócios dispostos a despedirem-se do "O Elvas" CAD? É que falar em refundar um clube é fácil mas depois voltar a chamar os sócios já não sei. Eu não percebo em Julho de 2006 tínhamos 500 mil euros de dívida para pagar, hoje por termos 100 mil já se refunda o clube? Não há mesmo ninguém em Elvas que tenha coragem de tomar conta do clube? Eu não percebo nada de gestão nem tão pouco tenho forças para isso. Mas não me digam que vamos fechar o histórico "O Elvas"?

    ResponderEliminar
  2. Gente com dinheiro qud diz que ama o elvas mas que nao quere saber dele. O melhor sera mesmo fechar portas pk e triste ver o elvas assim. Assim o laco e companhia que criem o proprio clube deles de formacao. Esse sim estao a acabar cm o elvas

    ResponderEliminar
  3. Refundar não é fechar "O Elvas". Refundar é precisamente o contrário, mantê-lo vivo que é coisa que assim não se consegue.
    Que perde afinal "O Elvas" com uma refundação?
    Desportivamente? Nada. Começamos do Distrital à mesma.
    O nome? Nada. Em vez de "O Elvas" Clube Alentejano de Desportos pode passar a ser "O Elvas" Clube Alentejano dos Desportos.
    O símbolo? Não, pode continuar exactamente o mesmo.
    O hino? Não, pode continuar o mesmo.
    A sede? Não, a sede passa automaticamente para a CME e no dia a seguir é cedida outra vez ao novo "O Elvas"

    Fica sim com a dívida a zero, uma organização nova e novamente a poder receber subsídios. Que estamos à espera? Só estamos a perder tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou totalmente de acordo é avançar com a refundação do clube, pois na realidade é apenas uma pequena alteração do nome e pouco mais e fica a dívida a zero e reorganizar novamente o clube desportivamente a partir do distrital.

      Eliminar
    2. Quanto á sede não é fácil de resolver, isto porque se quebra um protocolo assinado e registado oficialmente, pelo que se o clube é outro logo haverá muita gente que fará a sua reclamação, e, no final resolvemos um problema de dividas e vamos fazer a sede debaixo dos Arcos da Amoreira, porque neste caso nem a sede vai parar ás mãos da C.M.E., porque ainda existem sócios do antigo Clube Elvense que estão á espera duma situação como esta que aproveitarão para denunciar o protocolo.

      Eliminar
    3. mas esse problema não é difícil pois a CME tem cedido muitos espaços a sociedades recreativas e neste caso poderia ceder mais um, pois no centro histórico há muitos.

      Eliminar
  4. Mas por que razão tem o Elvas de pagar 58 mil euros a esse chulo, haverá alguém capaz de explicar isso aos sócios? Então o senhor Rondão de Almeida teve a coragem de transformar e muito bem a nossa cidade e não é capaz de pegar no clube e resolver estas questões? Se o fizesse ficaria na história junto ao Patalino por ter ressuscitado o maior clube do Alentejo e os elvenses lhe agradeciam como lhe agradecem em relação à cidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu amigo perceba uma coisa o sr comendador devido ao cargo politico naão pode pegar no clube... só andar na sombra, a razão de pagar é porque o tribunal assim determinou a seguradora não pagou ele recorreu e o tribunal condenou o clube. A unica coisa que o elvas deveria ter feito era ir alguem ao Almada e gravar os jogos que ele fez e mostrar em tribunal.

      Eliminar
    2. Não é necessário ir ver os jogos e gravar....basta pedir as fichas de jogo à AFSetubal dos jogos do Almada....

      Eliminar
  5. Podia ser assim - O Elvas Clube de Desportivos do Alentejo (tem quase as mesmas palavras mas trocadas e estava resolvida a questão e continuava a ser "O Elvas" e assim os sócios não levavam a mal e continuariam a gostar do clube certamente. Porque de outra forma estou a ver a situação muito complicada e com o fim à vista o que seria muito mau para o clube e para a cidade pois perdia o seu maior representante no desporto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Correcção - O Elvas Clube de Desportos do Alentejo

      Eliminar
  6. Hoje sim, percebi que as pessoas em Elvas vivem noutro mundo. Onde é que com 100 mil euros, um clube não se consegue gerir? Como é possível pensar-se na refundação dum clube de pergaminhos no futebol nacional? Andamos a brincar aos clubes? Hoje devo dinheiro, fecho portas e abro com outro nome. Daqui a 20 anos faço o mesmo e isto do futebol é tudo bonito. O Benfica, o Sporting e o Porto, vão fazer o mesmo pois devem 500 milhões cada. As pessoas não sabem que acabar com um clube com dívidas não é assim tão fácil? Os dirigentes têm que assumir as dívidas anteriores e o património como viaturas, equipamentos e afins vai tudo à vida. Para começar do zero, temos que adquirir isso tudo, e isso tem custos iniciais bem altos. ACORDEM PARA A VIDA!! Se for preciso parar com o futebol sénior, para pagarmos as dívidas, onde está o problema? Mantemos a formação e o basquetebol, e vivemos honrados, de cabeça bem erguida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então pagas tu os 58 mil euros ao chulo do Cirilo

      Eliminar
    2. Por acaso percebo o primeiro comentário. Mas o problema que se fala é a CME cortar o apoio devido a essa dívida e como se sabe a CME é a principal financiadora do clube. Quanto ao resto é verdade, o clube ao fechar portas tem de entregar autocarros e tudo o que ainda tem em sua posse, depois para recomeçar tem de se comprar meios de transportes etc... E isso é caro...

      Eliminar
  7. Não compliquem se é para refundar fica só "O Elvas" e deixa-se cair o CAD!

    ResponderEliminar
  8. REFUNDAM-SE pagando quotas ao clube e desta forma ajudar financeiramente o clube, e não como muitos continuarem a apoiar casas e nucleos, de outros.
    REFUNDAM-SE criando um forte movimento de contestação a este triste pretensão.
    REFUNDAM-SE e criem uma campanha de angariação de sócios. Uma cidade com +- 30.000 habitantes, só com 15% da população poderiam chegar aos 4500 sócios.
    Por exemplo, fazer-se um sorteio por cada novo sócio, desde que paga-se as quotas de um ano, assim como entrava no sorteio o sócio que trouxesse um novo sócio, creio que temos cidade para salvar este histórico clube, já demos provas disso no passado.
    Opinião de um elvense, fora da sua terra natal, preocupado com um clube, que por direito próprio é património da cidade.

    ResponderEliminar
  9. Os que aqui comentam e não são adeptos da refundação são apenas líricos, fora da realidade ou então pouco informados sobre a situação.
    A questão não é o Elvas dever 120.000€, a questão é que a dívida ao ex-atleta no valor de 58.000€ ou é paga imediatamente, pois o jogador não quer negociar, ou continua tudo penhorado e o clube não pode receber 1€ dos subsídios camarários.
    Assim sendo, o clube é inviável. Até podemos arranjar mais 1000 sócios que não chega nem para um décimo do que se tem que pagar imediatamente e mesmo assim corre-se o risco da quotização ser também penhorada e depois de tanto esforço ficar tudo na mesma.
    Neste momento, o clube não tem património para poder perder com uma refundação como aqui se diz. O estádio não é do Elvas, a sede não é do Elvas e nem sequer os autocarros são do Elvas, uma vez que estão em nome de um empresário local.
    Ainda não perceberam que não se perde nada? Apenas estamos a perder tempo enquanto outros clubes já estão a preparar a equipa para 2014-2015.

    ResponderEliminar
  10. Uma ideia de um adepto de fora para ajudar o elvas. Arranjem 3 ou 4 pessoas que facam e arranjem pessoas que escolham 15 ou 20 numeros do euromilhoes e cada pessoa paga 10 euros e quem acertar primeiro esses numeros ganha o premio. Agora por exemplo jogam 600 pessoas da um valor 6000 mil euros, desses 6000 mil ficam 3000 mil para ajudar o clube e outros 3000 mil vao para o premio. Acho que assim muita gente de elvas ajudava o elvas. E apenas uma ideia para ajudar.

    ResponderEliminar
  11. O antigo Estrela da Amadora agora refundado Clube desportivo Estrela está a reorganizar-se para voltar a ser o que era no passado depois dos problemas financeiros que teve e segundo dizem os sócios começou do zero e já tem perto de 1000 adeptos e foi a única solução para resolver este tipo de problemas, que na minha opinião O Elvas deve fazer o mesmo com uma pequena alteração no seu nome.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Será seguramente o fim do futebol em Elvas.
      Ganham as casa do benfica, nucleos do sporting, apagam-se os clubes da cidade.
      Aqueles que querem acabr com O ELVAS CAD, terão segiuramente outros interesses.
      Vejam bem á quanto tempo o estrela da amadora esta desactivado, e avreditam alguma vez que voltará a ser o que era? NUNCA
      Vejam que todos os clubes que passam por estas circunstancias, simplesmente desaparecem

      Eliminar
    2. Então como é que resolves o pagamento imediato exigido pelo tribunal dos 58 mil euros, é que se não pagarem fica tudo penhorado e o clube nem pode inscrever jogadores, nem receber subsidio da CME e fica inviável e não compreendo como é possível com esta situação a passar-se no clube a formação estar a organizar torneios, isto é no mínimo escandaloso, se o clube não tem direção quem estará a organizar isto? por favor alguém que mande para com essa barbaridade porque o momento não é para brincadeiras e se a direção já se demitiu como é possível o aparecimento deste torneio?

      Eliminar
  12. A comissão que gere o clube deveria com urgência marcar uma assembleia extraordinária o mais rápido possível e informando nos meios de comunicação(rádioelvas e linhas de Elvas, blogues,etc.) para que todos os sócios estejam presentes para ser tratado este assunto que é muito grave e pela primeira vez a decisão terá de ser tomada por todos analisando o que será melhor para o clube,resolver a situação que é extremamente difícil porque envolve o tribunal e uma penhora. Convocar também o advogado do clube e antigos directores para com todos se poder solucionar a questão.

    ResponderEliminar
  13. A grande questão é, a situação do Cirilo avançou nestes dias? É isto que temos de saber! Eu não consigo saber, fui às outras Assembleias e apenas se falou que um dia teria de chegar a ordem do pagamento. Eu quero saber se já cá está ou se só agora é que acordaram para a vida? É que se só agora acordaram para a vida, isto quer dizer que a dívida ainda não chegou e apenas se sabe que pode chegar, como todos sabemos isto pode levar anos e esses anos o clube poderia continuar a pagar a sua atual dívida e quando essa chegasse então logo se via o que se fazer. Agora se já está na sede para ser paga a música já é outra. Algum consócio, membro da ex-direcção ou da atual comissão pode responder-me? É que por motivos pessoais não estou em Elvas durante uns bons meses e gostaria de saber pois tenho o direito de saber estas coisas mesmo estando fora do clube. Acho que eu e outros merecíamos um comunicado a explicar a situação atual do clube.

    ResponderEliminar
  14. Tentarei explicar ao Sr. Luís de uma forma breve e o mais clara possível pois o assunto é algo complexo. O assunto Cirilo remonta ao ano de 2006, época em que o atleta joga no Elvas e se lesiona, sendo tratado no hospital de Elvas, preside o clube o Sr. Frankim Casal.

    Passado algum tempo o mesmo, efetua um pedido de indemnização na ordem dos 100.000 €uros, começa aqui os processos tribunais, com o Elvas a vencer numa primeira instancia. O atleta sustenta que como profissional de futebol, e após uma junta médica efetuada, a pedido do tribunal, que o confirma, apresenta uma deficiência na ordem dos 20%, (algo numa veia, semelhante a uma variz) pelo que exige o mencionado montante. O Elvas defende que o atleta é amador, e além disso joga no Almada, sendo inclusive o capitão de equipa e talvez o jogador mais importante da equipa, alem disso disputa jogos e torneios de futebol praia, para isso existe inúmera documentação de jornais com entrevista do jogador, jogos realizados, golos, etc.

    O Elvas vence a causa, e o atleta Cirilo recorre para o tribunal da relação (não sei se bem assim que se diz), e vence a ação, e são calculados uns valores que ao dia de hoje são os tais 48.000 €.

    A partir desde momento o Elvas pode recorrer, e fá-lo, mas a sentença está em vigor, e existe um solicitador que é o responsável de tentar receber essa verba, Este processo que tentei resumir, dura aproximadamente 8 anos. Quando o Elvas tem a sentença em seu poder, recorre, situação que faz. O solicitador com sentença na mão recorre de tudo o que a lei lhe permite, para cobrar o valor entre os quais, as penhoras, de saldos de contas, bens móveis ou imóveis, e assim o fez penhorando cerca de 5.000 euros do clube no final de 2013 e o autocarro do clube, único bem em nome do Elvas, e que a direção já explicou, o porque de ser o único bem em nome do Elvas.
    Assim o clube e na altura própria, o seu advogado, efetuou um pedido de suspensão da sentença, para que o solicitador não penhore mais nenhum bem ou saldos, situação ao qual ainda não obteve resposta, pelo qual a data hoje, o solicitador continua a tentar cobrar os valores, salvo indicação em contrário do Tribunal.

    O solicitador continua a efetuar o seu trabalho e não havendo mais saldos ou bens para penhorar, realizou um pedido, a instituições publicas (município de Elvas) e entidades privadas, (empresa que patrocinam regularmente o Elvas nos últimos anos) de uma penhora a qualquer subsidio ou receita.

    Situação atual:

    O Elvas espera que o seu pedido de suspensão de penhoras, seja aceite, mas para o qual não existe previsão de tempo, já vão muitos meses;

    Segunda situação o Elvas negoceia, situação que está a ser feita, para o qual a outra parte tem que dizer o que quer negociar, e o Elvas tem que tentar arranjar os meios, ou seja, o dinheiro, para essa negociação. A negociação não tem sido possível, más continua em aberto.

    Bem parece um pouco confuso, mas é assim, Existiu outra situação semelhante, com o jogador Flávio Casal, filho do ex-presidente Franklim Casal, mas em que se atingiu um acordo e se resolveu a questão.

    Apesar de confuso penso que se pode perceber o conteúdo da questão. Existe outro problema semelhante no Elvas, em relação ao totonegócio, mas como existem muitos problemas e muitos clubes, de momento está algo parado, mas............

    A que esperar até a Assembleia do dia 24 (previsivelmente) e ver se existem novos desenvolvimentos, ou uma decisão do tribunal, ou uma negociação formalmente aceita por ambas as partes.

    Cumprimentos



    ResponderEliminar
  15. A SITUAÇÃO NÃO ESTÁ FÁCIL, VAMOS TODOS MAS TODOS AJUDAR O NOSSO ELVAS, POR AS COTAS EM DIA, , APOIAR A COMISSÃO, APOIAR O CLUBE, MARCAR UMA NOVA ASSEMBLEIA MAS NUM SÁBADO À TARDE, VAMOS TODOS COMPARECER NÃO SÓ QUEM É SÓCIO MAS TAMBÉM OS QUE SÃO SÓ ADEPTOS E TAMBÉM OS ADEPTOS DE FUTEBOL ELEMENTOS DAS CAMADAS JOVENS, PAIS MÃES E HABITANTES DA NOSSA CIDADE, EMPRESÁRIOS DE TODOS OS RAMOS, CHEGOU A HORA DE NOS JUNTARMOS A VOLTA DE QUEM LEVA O NOME DA NOSSA CIDADE DOMINGO A DOMINGO. APOIEMOS TODOS A NOSSA CIDADE E ESTA É UMA DAS FORMAS.

    ResponderEliminar
  16. não sei ate que ponto o dito jogador e o tribunal podem actuar desta forma e digo isto sem qualquer conhecimento mas sabemos que os jogadores cutumam ter seguro, se é assim poorque nao actiivam o seguro? ( como disse não tenho qualquer conhecimento de como funcionam estas coisas). Gostava que alguem me explicasse.

    ResponderEliminar
  17. Tem que pagar e prontos, e o que da tratar mal os jogadores. Ja o lourinho quando foi operado a pubalgia obrigaram-no a pagar metade da operaçao. Infelizmente o elvas funciona assim seja que direcçao seja.

    ResponderEliminar