domingo, 16 de março de 2014

"O Elvas" perde com Operário por 1 bola a 0



Jogou-se na tarde deste domingo a 5ª jornada da Fase de Manutenção do Campeonato Nacional de Seniores em que a equipa do "O Elvas" recebeu a equipa do Operário, num jogo que acabaria por dar a vitória ao Operário por 1 bola a 0.

Jogo que se adivinhava difícil para os comandados de Jorge Vicente que deram tudo dentro do campo para levar de vencida a equipa do Operário mas hoje a sorte não esteve do nosso lado.

Nota positiva para a massa adepta presente no estádio.

Com esta derrota a equipa volta a cair para a penúltima posição com 15 pontos, menos 1 que SC Praiense e menos 2 que Sporting Ideal.

Na próxima semana a equipa desloca-se até Sintra para defrontar a equipa do Sintrense.

A equipa de "O Elvas" alinhou com: Rafael Santos, Canoa, Braima, Danilson, Rui Cardoso, André Largueiras, Luís Carapinha, Aricson, Thomas Gregg, Lourinho e Valdemar Mané.

Ainda jogaram: Hemiliano e Mañas.

7 comentários:

  1. Jorge Vicente deve sentar Aricson, entrar J.Carapinha para central e avançar o Braima para o meio campo.

    ResponderEliminar
  2. Força jogadores, grande jogo! Continuem a trabalhar assim e até para a semana cá, com o Sintrense.

    ResponderEliminar
  3. Foi um bom jogo da equipa do elvas, muito boa exibição mas faltou a pontinha de sorte para marcar o golo, vamos lá rapaziada

    ResponderEliminar
  4. Foi um bom jogo, desta vez a bola não quis entrar e como quem não marca sofre perdemos o jogo. Digam o que disserem a equipa está de parabéns deu tudo em campo e lutou até ao fim. Voltamos a estar em zona de descida mas como dizia o outro o caminho faz-se caminhando e ainda existe muito campeonato pela frente. Fiquei extremamente frustrado ao ver que estar 2000 pessoas no estádio ou 500 é a mesma coisa. A maioria das pessoas foi ver o jogo só porque sim, não conhecem os jogadores, não percebem nada das contas do campeonato, e mais grave vão para um jogo de futebol para falar de outros assuntos que nada dizem com o que se está ali a passar, isto tudo para dizer que tivemos um estádio cheio mas em que o apoio foi nulo ou quase nulo. Enfim melhores dias virão eu irei apoiar sempre O Elvas em todos os jogos que tenhamos em casa.

    ResponderEliminar
  5. Grande jogo da equipa do Elvas mas infelizmente e injustamente perdemos. O Operário tem uma equipa mais consistente, um orçamento o dobro do nosso e 2 ou 3 elementos que desequilibram bastante.
    Boa decisão da direcção ao abrir as portas. Deve-se repetir até ao final da época.
    No entanto, o que é certo, é que já estamos em zona de descida novamente e estou a ver a coisa muito perigosa. O Ideal e o Praiense andam a vencer e empatar com clubes que não se sonhava que o fizessem e se continuarem assim vai ser muito difícil ao Elvas safar-se, uma vez que até ainda tem que ir aos Açores jogar com os dois.
    Mais dois comentários:
    Na 2ª volta desta 2ª fase deviam-se organizar autocarros para os jogos fora. A CME que esteve presente neste jogo e deve ter gostado não iria negar este apoio.
    Se tivessemos esta equipa desde a 1ª jornada a esta hora estavamos mais que safos, bem longe da zona de despromoção. Má gerência desportiva.

    ResponderEliminar
  6. pena termos falhado tantas ocasiões. Foi dos melhores jogos que vi do Elvas e perante uma equipa de qualidade. Isto já é o Elvas. Estou lá com o 1º Dezembro.

    ResponderEliminar
  7. As portas abertas não podem continuar, o clube necessita das receitas de bilheteira para pagar à policia e aos árbitros. Segundo palavras do nosso Comendador a equipa não jogou puto por isso não gostou do que viu, é um homem muito exigente! Não tivemos esta equipa desde o principio porque não tínhamos dinheiro para ela quem acompanha o clube sabe perfeitamente isso e já aqui foi dito uma data de vezes. Ontem havia 2000 pessoas no estádio mas estavam interessadas em tudo menos no jogo e algumas até ofenderam jogadores para mim para andarmos assim mais vale ter lá os mesmos de sempre que pelo menos não ofendem e apoiam a equipa do que termos lá pessoas só porque sim!

    ResponderEliminar