segunda-feira, 31 de março de 2014

Análise do Jogo "O Elvas" vs 1ºDezembro


  Repetem-se os erros, repetem-se as ocasiões desperdiçadas e assim não é possível atingir o objetivo principal.

        Na primeira parte com a forte pressão exercida pelo 1ºDezembro, o Elvas era incapaz de sair a jogar da defesa para o ataque e perdia facilmente a bola em zonas consideradas proibidas, de tal forma que no minuto 21 Rafael Silva não hesitou em transformar o único golo do jogo, que vem complicar muito as contas do Elvas. Ainda na primeira parte, Thomas Gregg fez uma grande jogada que merecia golo mas a bola saiu ao lado da baliza de Marco Pinto.


        Na segunda parte, com o 1ºDezembro já mais desgastado devido ao grande pressing alto que fez na primeira parte do jogo, passou a jogar em bloco médio baixo aproveitando o adiantamento da defensiva elvense para fazer as transições rápidas que pouco aconteceram, no entanto o Elvas carregou no acelerador e disfrutou de algumas oportunidades para empatar ou até para vencer o jogo, mas a grande inoperância atacante da equipa de Jorge Vicente, está a ser penalizadora, principalmente para alguns jogadores que têm dado tudo para sair desta classificação, como por exemplo, Luís Carapinha que mais uma vez tem carregado a equipa às costas, quer a construir, quer a defender e até a concretizar, uma vez que é neste momento o melhor marcador da equipa e é pena não ter acompanhamento dos seus colegas do meio campo, que mais uma vez continuam em péssima forma. A equipa está muito nervosa, intranquila e necessita urgentemente de vencer um jogo. É pena que Lourinho para fazer 2 ou 3 golos, necessite de falhar o triplo dos golos e assim é muito complicado, quando o seu adversário, na mínima desatenção aproveita para marcar, dessa forma se vê a diferença entre as equipas que são objetivas e eficazes e as que não o são.


        No entanto para além destes contratempos, surgiu também um erro grosseiro do árbitro, ficando uma grande penalidade por marcar, no mínimo escandalosa, por mão na bola do defesa da equipa de Paulinho e surgiu num momento em que o Elvas estava a criar jogadas de perigo e talvez esse penalti viesse a proporcionar a reviravolta no marcador, mas o destino parece que não quer que o Elvas siga em frente, pois o futebol tem destas coisas, talvez no próximo domingo perante o Futebol Benfica último classificado possamos recomeçar a recuperação, apesar disso já vejo a maioria dos associados muito desmotivados, o que não é nada bom, visto que até matematicamente ser possível a manutenção todos deveria acreditar na equipa, porque ainda faltam 7 jogos e muita coisa pode acontecer até à última jornada.

6 comentários:

  1. Na próxima semana a equipa que está a 3 pontos de nós vai ao Operário, independentemente de serem vizinhos o Operário vem de uma derrota e acredito que os seus associados não admitam que uma equipa que investiu tanto nesta época se dê ao luxo de "ajudar" o Ideal. Por outro lado nós vamos encontrar uma equipa do Futebol Benfica que virá motivada dado que venceu a sua 2ª partida esta época. Temos tudo para na próxima semana igualarmos o Sporting Ideal e depois na semana seguinte ir lá dar tudo por tudo para os ultrapassar e ir para a zona de playoff agora cabe a Jorge Vicente motivar a equipa e fazer algumas alterações na equipa. Aricson é um sombra do que era no inicio da época e no passado, Danilson começou muito bem mas jogo após tem vindo cada vez mais a fazer coisas que não lembra ao diabo, ter uma conversa com o jogador seria na minha opinião importante para lhe mostrar que como defesa central a sua tarefa é limpar bolas na defesa e não inventar! No meio campo tentar mentalizar os jogadores que não podemos andar a trocar consecutivas bolas para trás pois o objectivo é para a frente e por fim tentar apostar no Mañas pois ele é o melhor finalizador do plantel muitos dizem que já está acabado mas isso é porque entra sempre nos últimos minutos da partida e para alguns jogadores é difícil entrar com as partidas a meio. O Thomas já se viu que não é extremo o rapaz tem jogar no meio pois foi onde na segunda parte se soltou mais e criou mais perigo. Falando como sócio e acho que como muitos outros que aqui vêm ainda acredito nesta equipa mas temos de melhorar, temos vindo a entrar com 10 jogadores em campo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. 10?
      Eu acho que 9!
      E por azar nosso ambos, no sector intermédio.

      Eliminar
    2. Está a falar do Largueiras?

      Eliminar
    3. Vejam se não dava para encarar o resto dos jogos de outra forma. metendo em campo alguma experiencia.

      Rafael

      Canoa Danilson Rui Sanrtos Cardoso

      Braima

      Hemiliano L. Carapinha Gregg

      Mañas Mané

      Eliminar
    4. O Rui Santos.... Tenha lá noção que o Rui Santos já deveria estar a jogar nos veteranos ou na distrital. Se quer que o Largueiras saia da defesa tem 2 formas do fazer, colocar o João Carapinha na sua posição de origem e o Braima avança também para a sua posição de origem ou então deixar o Braima na defesa que tem estado a ser enorme e colocar o João Carapinha a médio defensivo posição que já fez no passado e com algum mérito. O Rui Santos pode ser muito bom rapazito mas já não dá para isto.

      Eliminar
    5. Estou de acordo consigo, mas se calhar é melhor ficar o Braima a defesa porque é muito seguro e o João Carapinha fazia de trinco e o Gregg em vez do Aricson e o Mañas em vez do Mané contra o Futebol Benfica e de certeza que este onze resulta.

      Eliminar