quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Análise e antevisão da época 2013/2014



Plantel – A direção do clube, de acordo com o orçamento para esta época desportiva, delineou um plantel, mais ou menos economicista, não enveredando por vencimentos muito elevados que pudessem desequilibrar as contas do clube, sabendo perfeitamente que existem algumas dívidas por saldar e por essa razão o objetivo principal é a manutenção e a estabilidade financeira. No entanto, o plantel é extenso, vinte e sete jogadores e a equipa técnica é composta por quatro elementos. Relativamente aos sectores da equipa, parece-me que o sector defensivo é o mais débil. O meio campo é o sector mais forte o que é um bom atributo, na medida em que poderá ter mais posse de bola que os adversários e o consequente domínio do jogo. Existe uma mistura de juventude com veterania, o que faz com que a equipa tenha à partida alguma experiência para este campeonato nacional. Quanto ao técnico principal, tem uma boa metodologia de trabalho e vontade de vencer, mas em relação a sistemas de jogo ainda é cedo para se fazer uma avaliação concreta.  

Pré-época - A estatística dos jogos de preparação valem o que valem. Num jogo amigável não há tanta intensidade, há menos concentração e verificam-se desequilíbrios de condição física; se uma equipa tem um mês de preparação e a outra tem uma semana, como é evidente a primeira está mais forte e tudo isso conta para o resultado final, inclusivamente as inúmeras substituições que se fazem nas segundas partes. Também muitas experiências que as equipas técnicas realizam para avaliarem os jogadores e outras situações. Nesta pré-época o Elvas marcou 14 golos e sofreu 18, mas devemos salientar que só nos últimos 2 jogos é que se pôde contar com o guarda-redes René que parece reunir condições para ser o titular da equipa. As lesões do guarda-redes Luís Marques e do central Rosinha, este último desde o início da época, afetaram o comportamento defensivo da equipa nalguns jogos, mas pensamos que quando a situação estabilizar o setor defensivo vai melhorar.

Adversários- Por aquilo que se viu na pré-época o Oriental parece ser a equipa mais forte da série G, reforçou-se bem e está a obter bons resultados, mas com o início e decorrer do campeonato veremos se a nossa análise estava certa. Quanto às restantes equipas existe um grande equilíbrio. Espera-se um campeonato interessante e competitivo. Mas também é nosso desejo que seja pautado pela justiça, com imparcialidade das equipas de arbitragem, sem violência por parte dos atletas e com grande presença da massa adepta, pois sem eles um jogo de futebol não tem lógica.


1ª Jornada - É sempre ingrato fazer o primeiro jogo em casa, porque é mais fácil defender do que atacar. O Elvas terá que jogar em ataque organizado, com boa circulação de bola e pressing alto. Ter muita atenção às transições rápidas do 1º de Dezembro. Ser eficaz na zona de finalização e aproveitar bem as jogadas de estratégia. É muito importante começar o campeonato a ganhar, porque o fator motivação é o décimo segundo jogador. 

Sem comentários:

Enviar um comentário