segunda-feira, 12 de março de 2012

Treinador de Bancada:




Este jogo teve como fator principal equívocos técnico/táticos, por parte de alguns jogadores e equipa técnica. O Elvas iniciou o jogo com um 11 algo estranho relativamente à distribuição posicional dos jogadores, na medida em que não sabia ao certo, quem era o médio defensivo, o médio de construção de jogo e os médios alas e até parecia estarem todos na zona central. Em relação às escolhas do onze inicial, segundo a nossa opinião, não se compreende, o facto dos jogadores Filipe Branco, Djaniny e Mañas estarem como suplentes, visto que em campo não se encontrava qualquer avançado de origem, facto que é muito estranho, tendo em conta, que este jogo era para ganhar, perante um adversário do nosso campeonato e que veio a demonstrar ser acessível, apesar do resultado final.
                

O Elvas teve alguns apontamentos interessantes, tanto no ponto de vista das transições defesa/ataque, como na circulação de bola, embora na 1ª parte fosse quase entregue ao adversário, dada a inexistência de atacantes do Elvas e assim era quase impossível fazer perigo não tendo presença física de avançados, quando a bola era colocada nas costas do adversário. Só na 2ª parte, se verificaram passes de rutura e perigo para o bloco defensivo do Cartaxo, com resultado positivo e reviravolta no marcador. E nos últimos 10 minutos, depois de O Elvas estar em vantagem no marcador, faltou a orientação tática, por parte do senhor Manuel Henriques, que deveria ter feito recuar a equipa e fazer pressão alta a partir da linha de meio campo, deixando um único avançado na frente e jogando em contra golpe, facto que não se verificou, ficando assim à mercê, da ofensiva adversário, que aproveitou, principalmente o flanco direito do Elvas, corredor que estava despovoado, da linha de meio campo para o setor defensivo. 

Mais uma vez, devo dizer que é nestes momentos que o treinador tem que atuar,corrigir e fazer a leitura do jogo, de forma a não permitir a ofensiva contrária. Vamos ver se estes erros não serão definitivos, para a próxima 2ª fase do campeonato, na medida em que o Cartaxo ficou com uma vantagem de 7 pontos (com a conversão), relativamente ao Elvas, mas se nós tivéssemos ganho este jogo, a diferença era de 4 pontos, para este quarto classificado a contar do fim, que é o lugar da manutenção. Finalmente chegou a 2ª fase, que são 10 finais e se os primeiros jogos, decorrerem bem irá moralizar a equipa, se isso não acontecer, então estaremos praticamente despromovidos. Para concluir, tenho algum receio de que se o clube, for despromovido, que os poucos sócios e simpatizantes do Elvas, não resistirão a mais um ou dois anos no campeonato distrital.

8 comentários:

  1. Meu caro treinador de bancada concordo com a sua crónica, pois fez uma radiografia exacta do que se passou e uma previsão do que se poderá passar. Eu penso da mesma forma e não é preciso saber muito de futebol para se verem os erros do treinador demonstrando que não consegue ir mais além de preparador físico.Este foi mais um erro do Eurico. Nos outros clubes as chicotadas psicológicas resultam 99% aqui não resultou.

    ResponderEliminar
  2. Mas o que se pode esperar do Eurico? O Homem queria o Laço para treinador, este é que se recusou e indicou o Manuel Henriques, isto diz tudo.

    ResponderEliminar
  3. O Elvas nao tem hipóteses nenhumas quem nao ganha um jogo vai nesta fase conseguir ganhar?
    Esqueçam, a única vantagem e dizer aos jogadores mais caros, vão para casa, isto acabou. Poupam salários pelo menos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é o que o Eurico quer, mas não pode ser. O Elvas tem um nome para manter. Dispensar jogadores vai dar em humilhantes goleadas e isso recuso-me a assistir.

      Eliminar
    2. emigra e não compres a bola nem ouças a radio elvas

      Eliminar
    3. E deixo de pagar as quotas? Se é assim que querem eu faço. Se preferem ficar sem sócios e ser presidentes do nada e andar num clube que nem sequer respeitam é o que querem então está bem.

      Eliminar
  4. A chicotada no Elvas não resultou, porque o clube tem a pior equipa (o pior plantel) da Série E da III Divisão.
    Nem que viesse o Mourinho, se evitava a descida, com este plantel.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade que temos algumas lacunas, mas não se pode dizer que temos o pior plantel. Com Edu Torres, Ruby, Carranca, Carlos Xavier, Chinita e Rúben, tínhamos um bom plantel. Depois ainda existe o problema das lesões.

      Eliminar